quarta-feira, 8 de novembro de 2017

Oi gente!

Tudo bem com vocês??

Sempre escutei as pessoas dizerem: " AAA!!! Como sinto falta da minha barriga de grávida", e outras expressões parecidas com essa, mas sinceramente?? nunca senti saudades disso.

Até que outro dia fui levar Maria para fazer exame de sangue e tinha uma grávida lá... Nossa, fiquei olhando para ela e nesse dia me deu saudades da minha barriga... Não sei o que ela tinha que me chamou a atenção, só sei que a saudade bateu e eu resolvi vim compartilhar com vocês algumas fotos das minhas duas gravidez.

Aqui vão, quando estava da grávida da Maria:




Agora, a gravidez do Vitor:
















Acho que a gravidez do Vitor a barriga cresceu mais... o que vocês acham??

Gostei de rever e relembrar um pouco desses momentos... Espero que vocês tenham gostado...

Até a próxima!

terça-feira, 24 de outubro de 2017

Olá!! De Volta!!

Oi Gente!!!

Tudo bem com vocês??

Gente, outro dia resolvi entrar no meu blog e NOSSAAAA, tomei um susto... Sei que fazia muito tampo que não passava por aqui, mas não imaginava o quanto.

Correria da vida e acabei deixando o blog de lado, mas outro dia me dei conta como era bom quando eu escrevia (apesar de não escrever muito e às vezes nem saber o que escrever), como se sentia bem... resolvi voltar a vir por aqui, talvez com uma assiduidade, talvez não... Quero compartilhar um pouquinho do meu dia a dia e vida de mãe de 2.


Em breve eu volto e espero que gostem da noticas


segunda-feira, 25 de abril de 2016

Maquiagem RÁPIDA

Oi Gente!



Tudo bem com vocês??



Vim trazer um vídeo de make rápida, ótima para nós que somos mãe e muitas vezes não temos muito tempo para nos arrumar!













Espero que gostem e até a próxima


segunda-feira, 11 de abril de 2016

Meu Relato

Olá Gente!

Tudo bem com vocês?? Por aqui vamos muito bem!

Então gente, o Vitor nasceu em Março e esse foi um dos motivos do meu sumiço daqui.

Tive um parto muito rápido e beeeeeeem mais tranquilo do que o da Maria e resolvi vir compartilhar um pouco com vocês.

"Na madrugada do dia 11 de Março para 12 de Março, a luz foi embora em casa e quando acordei percebi que a luz já tinha voltado, então fiquei pensando no ar condicionado do quarto da Maria que nem sempre liga sozinho quando a luz volta, enrolei para ir lá e acabei pegando no sono novamente. Lá pelas 05:00 horas da manhã acordei e senti minha calcinha um pouco molhada, resolvi levantar e ir ver o ar condicionado da Maria, quando fui ligar o ar, senti uma água escorrendo na minha perna e pensei: "Xii, acho que estou perdendo líquido" e fui logo ao banheiro. Chegando lá, percebi que de fato estava perdendo líquido e fui até o quarto avisar ao meu marido Phelippo, ele meio sonolento, ouviu, disse "Tá" e voltou a dormir, rsrs... Repeti novamente e ele acordou de fato e foi tomar banho, enquanto isso Maria acordou e eu estava sentada em cima de uma toalha na cama, com medo de minha bolsa estourar e ir água para tudo que era lado.
As malas já estavam arrumadas há muito tempo, pois tinha medo de Vitor nascer prematuro como Maria. Pegamos as coisas, fomos para a casa da minha sogra para deixar Maria, chegamos lá de surpresa e de lá resolvi ligar para minha mãe (que mora próximo) e ela foi conosco até a maternidade.
Ao chegar na Maternidade Balbina Mestrinho, era quase sete horas e eu estava com pouca dor, uma cólica bem de leve, ainda perdia água e sangrava bem pouco. Quando fui ser avaliada pela médica, a mesma fez o exame do toque e eu já estava com 6cm para 7cm dilatada, ela mandou eu andar para poder o processo ser mais rápido.
Nesse momento, vinham vários pensamentos: 'Será se vou conseguir?', 'Tomara que não demore', fora a ansiedade para ver o bebê, o medo de acontecer algo e ser preciso uma cesárea e por aí vai... Nesse momento esperava minha Doula que tinha entrado em contato com ela quando estava indo para a maternidade.
Quando a minha querida Doula chegou, parece que aqueles sentimentos todos se acalmaram. Comecei a fazer os exercícios nos instrumentos, Cavalo, Bola e Escada. Ela foi essencial para fazer os exercícios direito e me explicar para que aquele exercício servia.
Junto com a enfermeira obstétrica, tentamos ir para a Casa de Parto, que é um lugar mais aconchegante e calmo, porém ao ser avaliada por outra médica, já estava bem mais dilatada e logo Vitinho iri nascer, então, ficamos por ali mesmo. Continuei fazendo meus exercícios e logo a médica voltou e fiquei deitada e fazendo força sempre que vinha uma contração, meu marido e a doula continuaram a me acompanhar e estavam do meu lado, chegou um momento que pensei que não ia conseguir, mas eles me incentivaram dizendo que estava tudo bem e que ia conseguir, depois de algumas contrações e muita força Vitinho nasceu ás 10:15 da manhã do dia 12 de Março de 2016 (no sábado igual a irmã, rsrs). Logo veio para meu colo e ficou por uma hora comigo, mamando no primeiro momento de vida dele, sem nenhuma intervenção desnecessária.
Foi um momento maravilhoso e inesquecível, sem nenhuma violência obstétrica e nenhum procedimento sem minha autorização.
Por fim, só tenho a agradecer pelo meu marido que ficou comigo todo o tempo, pela minha doulinda Rachel, as enfermeiras obstétricas Alzira e Jane, as médicas e toda a equipe que estavam comigo nesse momento."

Então gente é isso, desculpa pela demora, estou tentando terminar de escrever esse relato a dias, mas com duas crianças, uma récem-nascida e outra de 1 ano e 11 meses, às vezes é meio complicado de fazer algumas coisas... Mas, enfim, consegui.

Espero que tenham gostado e até a próxima!

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

Baby Chá do Vitor Rabel!

Oi Gente!

Como vocês vão?  Por aqui vamos indo bem.

Hoje eu vim compartilhar um pouco com vocês do Chá de Bebê do Vitor Rabel. Não quis esperar chegar perto da DPP, pois minha primeira filha (Maria Rosa) veio de parto prematuro e eu estava muito pesada no chá dela e quase não aproveitei, então dessa vez quis fazer diferente.

Foi realizado dia 09 de Janeiro de 2016, sei que Janeiro não é muito legal para fazer, pois o povo está sem dinheiro e muita gente está viajando, mas não quis deixar para Fevereiro por conta do carnaval e resolvi correr o risco. O tema escolhido foi Urso Aviador, pois meu marido AMA avião e as cores foram o vermelho e azul, acho que combinam super bem e além disso eu AMO a cor vermelha.

As primeiras fotos são o antes da festa, a preparação:




 Nessa primeira foto são amigas minhas que sempre me ajudam quando preciso, mesmo ficando muito tempo sem nos falarmos.  Essa outra foto é bem interessante, um verdadeiro exemplo do que um neto pode fazer com uma avó, rsrs. Na frente está o pessoal da ornamentação e lá atrás está minha mãe, tentando tapar o buraco que ficou atrás, ela que nunca teve jeito para atividades manuais ou decoração ou qualquer coisa do tipo.


Abaixo mais algumas fotos:








O bolo quem fez foi minha comadre que está começando a trabalhar com isso e esse avião foi minha sogra quem fez para ser a caixa de presente, mas ficou tão bonito que fiquei com dó de colocar os presentes nele e usamos a caixa que veio no aluguel da mesa. 




Já vi várias festas com suqueiras e garrafas de vidro com os canudos coloridos, sempre achava lindo e como minha sogra tinha essas suqueiras comprei essas garrafinhas no mercado livre (foi onde achei mais em conta, sei que tem garrafas mais bonitas, porém achei muito caro e quem sabe um dia eu compre). Elas foram a sensação do chá.



Essas aqui são eu, o maridão e o barrigão!






Por fim, ao final da festa as crianças aproveitaram o avião para brincar. Maria Rosa não podia ficar de fora e aproveitou o avião do irmão junto com os primos, rsrs.



Bom gente, hoje quis compartilhar um pouquinho de como foi a decoração do chá do Vitor e espero que vocês tenham gostado. Só para lembrar que os personalizados eu mesma quem fiz, mandei fazer os adesivos e comprei o que colocar nas vasilhas e fiz junto com as amigas e cunhada. E de lembrança fizemos álcool em gel, além do centro de mesa, que era uma vasilhinha de plástico com chocolates dentro e um avião em cima feito com palitos de picolé.

Espero que tenham gostado e até a próxima!

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Mãe de um + Gravidez

Oi Gente!!

Como vocês vão??

Resolvi vir compartilhar um pouco com vocês como é ser uma mãe grávida de uma bebê de 1 ano e 9 meses!

















É muito gostoso estar grávida novamente e ter uma bebê também é muito bom, porém nem sempre é tudo maravilhoso e tem algumas dificuldades que existem. Nessa idade da Maria tem várias coisas que são difíceis de eu fazer com ela, como sentar no chão para brincar com ela (até sento, mas não consigo ficar muito tempo às vezes), brincar com ela no parquinho (porque preciso ficar carregando), às vezes ela quer pular em cima de mim e não pode e quando ela se bate e só quer a mãe?? nesses momentos até esqueço da gravidez e rapidamente pego ela no colo, porém depois sinto dores no quadril.

Além disso tudo, não consigo mais dar banho nela (só realmente na necessidade, quando não tem mais ninguém) e na hora de trocar? Às vezes ela pensa que estamos brincando e ela não para as pernas quietas e chuta o ar, aí complica porque tenho medo de bater a barriga. Sem falar que Maria está na fase das birras e às vezes é muito difícil conseguir educa-lá, pois preciso pegar no colo e outras coisas mais... Sei que isso não vai ser para sempre, mas é o que estou passando agora.

Enfim, não é tudo ruim gente, tem seu lado bom também, mas é ruim você querer brincar e algumas vezes não poder, porém Maria também é muito esperta e é maravilhoso ver o crescimento e o desenvolvimento dela.

Bom, é mais ou menos isso que estou vivendo agora e espero que vocês tenham gostado!
Até a próxima!


sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

Quase no Fim!!

Oi Gente!!

Tudo bem com vocês??

Passando aqui para dizer que já estou no fim da gestação e graças a Deus foi muito tranquila... estou com 34 semanas, mas ainda tenho medo de ele nascer antes do tempo (já que Maria nasceu).

Meu único problema é que não consigo parar muito, principalmente na parte da manhã, sempre estou arrumando, limpando ou procurando algo para fazer... Tem gente que diz que é bom, mas meus familiares vivem brigando comigo para eu parar um pouco, além disso, moramos em apartamento, no 3 andar e não tem elevador morte, então, ás vezes queria descer um pouco com a Maria, mas já desisto só de pensar nas escadas.

Mas, enfim, as coisinhas de Vitor já estão arrumadas, roupinhas lavadas e malas de maternidade praticamente prontas, faltando só aquilo que se pega só na hora de ir mesmo.
Passei só para dar um update!

Até a próxima!